O CONTINENTE PARTE 1 | O TEMPO E O VENTO

0
766

O Blog GR – Mostrando Minhas Paixões…

O CONTINENTE PARTE 1 | O TEMPO E O VENTO

 

Oi, gente!

Tudo bem com vocês?!

Espero que esteja tudo maravilhoso!!!

Compartilhei com vocês que comecei a ler trilogia O Tempo e o Vento de Érico Veríssimo, certo?! Então, eu já li O Continente parte um e daí vim compartilhar com vocês o resumo desta leitura e falar o que eu achei da leitura.

Fiz um vídeo comentando o livro!

Fiz com muito carinho e espero de coração que gostem!

Por isso aperta o play e vem ver…

Inscreva-se no meu canal>>>>

O livro O Continente faz parte da trilogia o Tempo e o Vento de Érico Veríssimo. O Continente é o primeiro livro desta trilogia e ele é dividido em duas partes.

O Continente parte um, é um livro que fala basicamente de guerras (Guerra dos Farrapos, por exemplo), e conta a formação do Rio Grande do Sul e nos traz bastante informação de como foi a formação do Sul do nosso País.

Há muitas disputas entre Republicanos e Federalistas, entre os Terras Cambarás e os Amarais.

O livro começa com o sobrado dos Terras Cambarás sendo sitiado por seus inimigos, onde quem está dentro deste sobrado não pode sequer pegar água no poço na frente de casa.

Érico Veríssimo tem uma pegada muito interessante, porque ele começa a história em 1895 e depois de algumas páginas ele nos leva para os anos de 1750. Onde vemos índios sendo catequizados pelos padres jesuítas. Vemos muitos conflitos.

Ana Terra

Mas adiante vamos conhecer Ana Terra, a história desta mulher é muito sofrida e cheia de acontecimentos muito tristes. Ana Terra conhece Pedro Missioneiro, eles têm um caso e Ana fica grávida. Seus pais descobrem e os irmãos de Ana matam Pedro. Ana dá à luz a menino e coloca o nome de Pedro. Passados alguns anos, a família de Ana sofre um atentado dos Castelhanos. Eles matam o pai e os irmãos dela, destroem tudo na casa, só escapam Ana, Pedro, a cunhada e a sobrinha. Com todo aquele cenário de tristeza e destruição, se passam dois dias, e passa pela casa de Ana uma família que está em viagem para um lugar bem longe dali. Ana e o resto de sua família segue estas pessoas que estão em busca de uma vida melhor. Chegam a Santa Fé.

Em Santa Fé, Ana e sua família se estabelecem. Pedro participa de algumas guerras e depois se casa. Pedro têm dois filhos, e um deles é Bibiana. Bibiana, depois de moça conhece o capitão Rodrigo Cambará e se casam e têm dois filhos, e assim se forma os Terras Cambarás. Participando em guerras, Rodrigo é morto.

Chegando nesta parte do livro, depois deste flash back todo, o autor nos retorna para o Sobrado.

O Sobrado ainda continua sitiado. Neste cenário de guerra no Sobrado, a bisneta de Ana Terra dá à luz uma menina e esta nasce morta. E Bibiana ainda viva, relembra as palavras da Avó Ana Terra: -Noite de ventos, noite de mortos-.

Durante toda narrativa, Érico Veríssimo usa uma linguagem rica e cheia de grandes fatos que ao se formar o Sul do Brasil.

Depois de ler o primeiro livro desta trilogia, eu pude perceber que em filme ou séries não se mostra nem a metade de toda a riqueza desta obra literária brasileira.

Eu me apaixonei pela leitura e me perguntei o porquê que eu não havia lido antes.

E vocês, gente? Gostam de ler?

Já leram o tempo e o vento? Amaram também?

Conta pra mim nos comentários, eu vou amar saber a opinião de vocês!

Espero muito que tenham gostado desta resenha/resumo!

Vou ficando por aqui!

Fiquem todos com Deus e até o próximo…

Beijos ♥♥♥